Líderes que me inspiraram na minha jornada corporativa

Líderes que me inspiraram na minha jornada corporativa

5 minutos A minha maior fonte de inspiração e formação empresarial foi o meu pai, Ziro Ramenzoni. Ele sempre me deu o Norte de como me comportar nos negócios, mostrando através da prática o valor da honestidade e o respeito que precisamos ter pelos clientes e concorrentes. O segundo foi o tio Ibsen Ramenzoni, que sempre me dizia, “você precisa ser esperto, mas tem que ser sério e transparente com os clientes, caso contrário você não vai conseguir seguir adiante como um empresário bem-sucedido Continue lendo

Lembranças gostosas da Páscoa

Lembranças gostosas da Páscoa

4 minutos Nos meus tempos de menino, Páscoa era sinônimo de farra com os irmãos, primos e toda a vizinhança lá da chácara de Santo Amaro. Nós fazíamos pequenos ninhos embaixo de arbustos para que ficassem protegidos da chuva, colocávamos nossos nomes e ficávamos à espera do “coelhinho” que traria ovos de chocolate de-li-ci-o-sos! Nessa chácara tinha uns barrancos cobertos de barba de bode, uma vegetação parecida com grama e que durante o outono secava, então nós a pegávamos para forrar os nossos ninhos, Continue lendo

Líderes que despertaram a minha atenção na política

Líderes que despertaram a minha atenção na política

6 minutos Para eu admirar uma pessoa, antes de qualquer coisa, essa pessoa precisa ser verdadeira, inteligente, preparada para os papeis que vai desempenhar no decorrer de sua vida independentemente dos percalços e louros, e ela precisa ter trilhado o caminho natural das coisas, sem ter se aproveitado de um marketing de oportunidade para alçar a referida posição de liderança. Entendo que os líderes que ocuparam e ocupam o cargo de presidente de qualquer país não estudaram para tal cargo, eles tornaram-se dirigentes das Continue lendo

3 principais conquistas e 3 maiores tropeços

3 principais conquistas e 3 maiores tropeços

4 minutos Esse não é um tema muito fácil de escrever, mas vou tentar e claro, quero começar pelas conquistas, que é bem mais fácil de lembrar e deixar propositalmente os tropeços para o fim, porque assim eu passo rapidinho por eles e não preciso ficar pensando que poderia ter sido diferente. Então vamos lá… A primeira conquista que eu tive foi logo depois que eu retornei de meus estudos nos Estados Unidos, quando ainda estava fazendo estágio para me inteirar sobre a empresa Continue lendo

Ideias que passam pela minha cabeça e eu presto atenção

Ideias que passam pela minha cabeça e eu presto atenção

4 minutos Sabem qual é a primeira coisa que passa pela minha cabeça quando o dia vai chegando ao fim? DESCANSAR! Eu sou muito ativo, não sinto vontade de pausar a vida, então esse descanso a que me refiro, é chegar em casa e terminar o dia no melhor estilo happy hour descompromissado. Pode ser na sala de visitas, no meu escritório ou no terraço (normalmente meu refúgio dominical) e aproveito esse momento para ler um jornal, uma revista, ou tomar um drinque com Continue lendo

Fazer o bem, faz bem

Fazer o bem, faz bem

3 minutos O que significa fazer o bem? Antes de mais nada, quero começar esse texto dizendo que o bem é feito por pessoas do bem. Por que digo isso? Porque como todos vocês sabem muito bem, existem as pessoas do mal, que são as briguentas, as invejosas, as que nunca estão contentes, que jamais agradecem pelo que têm e só sabem lastimar pelos percalços e desafios que encontram pelo caminho. Pensando aqui com os meus botões, chego à conclusão de que fazer o Continue lendo

Superar as expectativas dos seus clientes mantém a longevidade do seu negócio

Superar as expectativas dos seus clientes mantém a longevidade do seu negócio

5 minutos   Antes da estourar a segunda Guerra Mundial, o meu avô passava dois anos aqui no Brasil e seguia para a Itália, onde permanecia pelo mesmo período; e eu nasci um ano antes dos bombardeios bélicos se iniciarem em 1939. Quando a Itália decidiu atacar os países inimigos, meu avô paterno, que tinha duas filhas morando com ele, ficou receoso com a segurança das meninas visto que os ataques estavam cada vez mais próximos de Roma, cidade muito visada, e então decidiu Continue lendo

Pessoas certas, nos lugares certos

Pessoas certas, nos lugares certos

3 minutos Eu conheço o protagonista da crônica de hoje há mais de 15 anos e mesmo antes de conhecê-lo pessoalmente, já tinha informações de que se tratava de um profissional dos mais competentes do mercado de papel e celulose, na área comercial. Amando Varella construiu uma carreira bem-sucedida, com passagens pela IBEMA – Cia Brasileira de Papel, Ripasa, Suzano Papel e Celulose e nós acompanhamos sua trajetória com olhos apurados pois tínhamos intenção de convidá-lo para trabalhar conosco, o que de fato fizemos Continue lendo

Nascemos com nome e sobrenome e eles precisam ser valorizados, sim!

Nascemos com nome e sobrenome e eles precisam ser valorizados, sim!

7 minutos   Hoje em dia, várias pessoas do meu ciclo de convivência costumam me olhar com certo espanto quando me perguntam se conheço algum fulano e eu respondo “que fulano?”; “Fulano Salles ou Meireles?”; de onde saiu “fulano?” Aí eles retrucam, não sei o sobrenome, mas para que sobrenome, fulano é fulano de tal lugar e pronto. Acredito que muitos de vocês já passaram por uma situação parecida… Só que não é bem assim e resolvi escrever sobre esse tema porque acho de Continue lendo

E não é que a viagem de moto rendeu mais história e até uma reflexão…

E não é que a viagem de moto rendeu mais história e até uma reflexão…

4 minutos A volta do Chile começou no dia 24 de janeiro de 2019, novamente prevalecendo o livre arbítrio de cada um e essa decisão fez muito bem para todos. Seguimos de Bariloche para Neuquén, grupo ainda completo, por uma estrada antiga, relativamente bem conservada, asfaltada e perfeita para meditar pelos seus cerca de 450km de extensão. Paramos em Neuquén apenas para descansar pois trata-se de uma cidade industrial, que emite gases que ardem os olhos. No dia seguinte, a viagem continuou rumo à Continue lendo